Novo Hamburgo com ensino qualificado

Ensino Fundamental conta com inovações nas escolas municipais a partir de outubro.

O Rio Grande do Sul, segundo dados do MEC, é o estado que possui o maior nível de alfabetização do país. Para manter este patamar ascendente, Novo Hamburgo aderiu, no dia 1º de outubro do ano passado, ao Pró Letramento: um programa de mobilização pela qualidade da educação, que visa melhorias na aprendizagem da leitura/escrita e matemática, nas séries inicias do ensino fundamental (1° ao 5º ano). O programa é uma parceria entre a Prefeitura Municipal e o Governo Federal.

Mais de 50 professores, do ensino municipal, reúnem-se semanalmente em busca de ampliação e aprimoramento das técnicas de ensino. Existem dois grupos, um focado para o ensino de alfabetização e linguagem, com 30 professoras, tendo como tutora a professora Andréa Zimmer, e o outro, responsável pela matemática, com 24 professoras, ministrada pela professora Janaína Batista de Matos. Das 76 escolas municipais de Novo Hamburgo, 40 escolas participam do projeto. Os encontros são realizados as terças e quartas-feiras, na parte da manhã ou tarde.

A professora do ensino municipal e pedagoga do projeto, Lourdes Andrea Dias Rosa, salienta que os professores que fazem parte do projeto estão por vontade própria, sem qualquer obrigação de irem aos encontros. “Aconselhamos os professores a trabalhar com a escrita desde cedo com seus alunos, além disso, oportunizar aulas com leituras, usufruindo dos diversos meios de linguagem: livros, filmes e teatro”, revela Lourdes Andrea. A pedagoga acredita que é necessário para criança adquirir necessidade pela leitura, sabendo o quê está lendo, e o porquê de ler.

Todas as escolas municipais de Novo Hamburgo já possuem computadores. Também é fornecido aos alunos, acesso aos principais jornais e emissoras de rádio da região, como fonte de informação e estudo.

a união fazendo a força

a união fazendo a força

Buscando ampliar e inovar o quesito de educação, alguns professores já ousaram e criaram “blogs” dentro das salas de aula. “É importante para o aluno vivenciar estas novas mídias. Muitos deles vão com freqüência às lan houses, para acessar os conteúdos produzidos em aula, juntamente com o professor”, argumenta a tutora do grupo de alfabetização e linguagem, Andrea Zimmer.

O Rio Grande do Sul foi o último estado a aderir o Pró-Letramento. O convite surgiu após iniciativas e visitas em Brasília, guiadas pela Secretária da Educação e titular da SMED de Novo Hamburgo, Maristela Guasselli. O programa ocorre até julho de 2009, após é aguardado por renovações nas parcerias.

Tags: , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: