o baile

É um ritual: terça feira, o relógio pronto para marcar duas horas, e os vovôs e vovós de Novo Hamburgo estão preparados para mais um baile. Para ser exato, não é apenas uma reunião dançante. Vai além. Envolve lanches – bolos, cucas e linguiças–, chás, orações, danças e apresentações. E também outra bebida que eles fazem questão que esteja no cardápio: cerveja. Cerveja gelada.

Em plena luz do sol, enquanto outros adultos estão trancafiados nos seus trabalhos, a turma da terceira idade se diverte livremente. Arrumados e perfumados, o encontro é favorável ao despertar de um novo amor. Talvez a reunião semanal seja uma ótima oportunidade para começar uma paquera e, por que não, apimentar uma paixão, assim mesmo, depois dos 60.

A partir do momento que colocam o pé dentro do salão, deixam do lado de fora toda a artrite, artrose, osteoporose. Não ligam para as rugas, nem para os excessos que teimam em sobrar na roupa. Porém estabelecem um critério para quem deseja fazer parte do grupo: não ligar para a idade. Afinal, anos são apenas números. E números não conseguem contabilizar as alegrias de uma vida bem aproveitada.

Fotojornalismo – Unisinos – 2009

Tags: , , ,

Uma resposta to “o baile”

  1. Tamires Says:

    Bah Adan, ficou muito bom

    Pessoas legais, idéias geniais resultam em trabalhos bens feitos.
    Parabéns
    BeijOs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: